O Papa Francisco renovou hoje no Vaticano as críticas a um sistema económico que “explora” as pessoas e convidou os católicos a imitar Jesus no serviço aos pobres e marginalizados.

“Muitos carregam todos os dias o peso de um sistema económico que explora o homem, que lhes impõe um ‘jugo’ insuportável, que os poucos privilegiados não querem levar. A cada um destes filhos do Pai que está nos céus, Jesus repete: ‘Vinde a mim, todos vós’”, declarou, no encontro dominical para a recitação do ângelus.

Perante dezenas de milhares de pessoas reunidas na Praça de São Pedro, o Papa recordou os que são “oprimidos por condições de vida precárias, situações existenciais difíceis e por vezes privados de referências válidas”.

“Nos países mais pobres, mas também nas periferias dos países mais ricos, encontram-se muitas pessoas cansadas e desamparadas sob o peso insuportável do abandono e da indiferença. Quanto mal faz aos necessitados a indiferença humana e, pior ainda, a dos cristãos”, advertiu.

Francisco afirmou que Jesus tinha sempre um olhar atento para todas as pessoas que encontrava nas estradas da Galileia, “gente simples, pobre, doente, pecadora, marginalizada”.

Agência Ecclesia – ler notícia completa aqui.

You have Successfully Subscribed!