O 41.º Encontro Nacional de Pastoral Litúrgica vai ser dedicado à temática da “comunicação na liturgia”, com especial enfoque nas novas tecnologias, e começa hoje até dia 31 de julho, no Santuário de Fátima.

Numa nota enviada à Agência ECCLESIA, o diretor do Secretariado Nacional de Liturgia (SNL) destaca a importância cada vez maior que “os meios técnicos e instrumentos de comunicação” assumem nos momentos celebrativos das comunidades.

A reflexão vai além das “transmissões radiofónicas e televisivas” para interrogar o modo como as novas tecnologias hoje influenciam a vivência da fé.

“A Missa da televisão serve para cumprir o preceito dominical? O tablet pode substituir o missal? O que é que se comunica nas celebrações?”, questiona o padre Pedro Lourenço Ferreira.

Esta semana de oração e reflexão, dividida entre a Basílica da Santíssima Trindade, a Capelinha das Aparições e o Centro Paulo VI, é dirigida especialmente a todos quantos “servem a Igreja Católica no exercício dos ministérios litúrgicos”.

Participam como oradores, entre outras figuras ligadas à comunicação e à pastoral da Igreja, D. João Marcos, bispo coadjutor de Beja, o padre José Frazão Correia, provincial da Companhia de Jesus em Portugal, o padre Paulo Malícia, diretor do Setor de Catequese do Patriarcado de lisboa, e Paulo Rocha, diretor da Agência ECCLESIA.

O cónego Luís Manuel Pereira da Silva, membro do SNL e que também será um dos conferencistas, destaca a importância de “trabalhar todas as dimensões” que envolvem a liturgia, como “introduzir” e fazer “bom uso” das novas tecnologias, dentro das celebrações.

Agência Ecclesia – ler artigo completo aqui.

You have Successfully Subscribed!