Celebramos neste segundo domingo do advento a Solenidade da Imaculada Conceição da Virgem Santa Maria, a mulher escolhida desde a sua existência para ser mãe do Filho de Deus. Mas perguntamos o que quer dizer Imaculada Conceição e quais são as implicações e benefícios para a nossa geração. Através da proclamação da bula “ineffabilis Deus” (Deus inefável) em 1854 a Igreja definiu como dogma da fé que Maria, Mãe de Jesus, foi concebida sem pecado original. Maria é cheia de graça desde o primeiro momento da sua conceição. Maria foi preservada de qualquer mancha de pecado, em vista de seu Filho Jesus. Deus escolheu-a desde o princípio, desde o primeiro momento da conceição, tornando-a digna da maternidade divina, para a qual no tempo estabelecido seria chamada.

O Evangelho desta solenidade é da Anunciação do Anjo à Jovem de Nazaré, Maria, e põe em confronto a nossa resposta diante da proposta de Deus. O diálogo entre o Anjo e Maria. Portanto, é um desafio atual sobre como reconciliar a vontade de Deus com a nossa, ou seja, abandonar a nossa vontade e assumir a de Deus rumo à felicidade e à paz. Deus olhou para a humildade da sua serva. A celebração da festa da Imaculada Conceição de Maria recorda a sua presença no Mistério da Redenção e também a nossa participação na graça de Deus que é dada a todos. Na nossa relação com Deus devemo-nos deixar ser encontrados, agarrados e seduzidos por Ele.

Maria Imaculada admoesta-nos que a fé é o remédio para superar as nossas dúvidas, inquietações e o medo na vida. Devemos confiar plenamente na Palavra de Deus para que possamos ser nutridos por Ela. Celebramos uma mulher que disse não à autossuficiência, mas sim à humildade e simplicidade. Estava sempre disposta a acolher o dom do serviço, pois deu uma resposta afirmativa «eis a serva do Senhor, faça-se em mim segundo a Tua Palavra».

Que Maria concebida sem pecado, a Padroeira de Portugal, interceda por nós.

Pistas de Reflexão

  • Em que missão sinto que Deus me chama a colaborar na Igreja e na sociedade?
  • Durante a semana meditar sobre a minha resposta aos meus compromissos batismais.

Votos de uma excelente segunda semana do advento!

O Pároco,
Pe. Andrew Prince

You have Successfully Subscribed!