O Papa presidiu hoje no Vaticano à Missa da solenidade da Epifania, o tradicional Dia de Reis, na qual afirmou que a humanidade tem de aprender com os Magos a reconhecer os “sinais de Deus”.

“Somos chamados, sobretudo num tempo como o nosso, a procurar os sinais que Deus oferece, sabendo que se requer o nosso esforço para os decifrar e, assim, compreender a vontade divina”, declarou, na homilia da celebração que decorreu na Basílica de São Pedro.

Falando do episódio da adoração dos Magos, relatado pelo Evangelho segundo São Mateus, como uma “lição”, Francisco convidou todos a seguir a “luz” que Deus oferece e a adorar Jesus “com todo o coração”.

“Ofereçamos-Lhe como presente a nossa liberdade, a nossa inteligência, o nosso amor. Reconheçamos que a verdadeira sabedoria se esconde no rosto deste Menino”, apelou.

Segundo o Papa, os Magos representam as pessoas dos quatro cantos da terra que são “acolhidas na casa de Deus”.

“Como os Magos, ainda hoje, há muitas pessoas que vivem com o ‘coração inquieto’, continuando a questionar-se sem encontrar respostas certas. Também elas andam à procura da estrela que indica a estrada para Belém”, acrescentou.

Agência Ecclesia – ler artigo completo aqui.

You have Successfully Subscribed!